Diário de viagem de uma poliglota africana

Ficções, dicionário poliglota, reflexões e tomadas de consciência sobre idiomas, traduções, resenhas de literaturas de nicho, discursos e entrevistas legendados, pluralidade

Fala de Chimamanda Ngozi Adichie à turma de Harvard

Discurso da autora Chimamanda Ngozi Adichie à turma de 2018 de Harvard Boa tarde! Olá, Turma de 2018 de Harvard! Agradeço-lhes muito por terem me convidado para estar aqui hoje. Significa muito para mim saber que são justamente vocês, os estudantes, que escolhem o...

Chimamanda Ngozi Adichie ai laureandi di Harvard

Discorso dell’autrice Chimamanda Ngozi Adichie ai laureandi del 2018 di Harvard Buon pomeriggio ! Laureandi del 2018 di Harvard, salve! Grazie davvero per avermi voluta qui in questo giorno. Significa molto per me sapere che siete proprio voi studenti a scegliere chi...

Superar a estagnação no aprendizado de um idioma

A parte mais interessante deste método são os ingredientes. A receita em si não tem fundamentalmente nada de novo, pois leva em conta as quatro tipologias de atividades envolvidas no aprendizado de um idioma: ouvir (compreensão oral), ler (compreensão escrita), falar...

Mia bé núnyá tovò 

UN CONTE WATCHI Le texte que nous publions aujourd’hui est la transcription-traduction d’un conte watchi. Le watchi est une variante de la langue ewe ; il est parlé localement dans des communautés en zone rurale au Togo. Merci à l’écrivaine togolaise Afiwoa...

Tedx, Nátaly Neri, Afrofuturisme

C'était par frustration. Au Brésil, j’ai trascrit-traduit le discours qui suit par frustration de ne pas pouvoir en partager la découverte avec mes amis francophones, un en particulier (la personne se reconnaîtra). Ça m’a paru essentiel qu’ils en prennent entière...

O Bobo, Les bobos, Kpa abobo

No português atual bobo tem essencialmente o sentido de estúpido, idiota. Antigamente, o “bobo” era o palhaço, o bufão de corte, num território governado por um senhor ou um rei. Aquela criatura ridícula, ou percebida como tal, na qual confluíam todas as nuances do...

Ala’a, ala

In italiano ala è l’arto che ci manca per poter volare. Gli animali della classe degli uccelli ce l’hanno, ma non tutti conservano la capacità di usarla profittevolmente. In Brasile, un pomeriggio di brezza atlantica ho incontrato Ala’a. O Alita Linda, invenzione per...
Chimamanda Ngozi Adichie ai laureandi di Harvard
Chimamanda Ngozi Adichie ai laureandi di Harvard

Discorso dell’autrice Chimamanda Ngozi Adichie ai laureandi del 2018 di Harvard Buon pomeriggio ! Laureandi del 2018 di Harvard, salve! Grazie davvero per avermi voluta qui in questo giorno. Significa molto per me sapere che siete proprio voi studenti a scegliere chi...

ler mais
Superar a estagnação no aprendizado de um idioma
Superar a estagnação no aprendizado de um idioma

A parte mais interessante deste método são os ingredientes. A receita em si não tem fundamentalmente nada de novo, pois leva em conta as quatro tipologias de atividades envolvidas no aprendizado de um idioma: ouvir (compreensão oral), ler (compreensão escrita), falar...

ler mais
Tedx, Nátaly Neri, Afrofuturisme
Tedx, Nátaly Neri, Afrofuturisme

C'était par frustration. Au Brésil, j’ai trascrit-traduit le discours qui suit par frustration de ne pas pouvoir en partager la découverte avec mes amis francophones, un en particulier (la personne se reconnaîtra). Ça m’a paru essentiel qu’ils en prennent entière...

ler mais
O Bobo, Les bobos, Kpa abobo
O Bobo, Les bobos, Kpa abobo

No português atual bobo tem essencialmente o sentido de estúpido, idiota. Antigamente, o “bobo” era o palhaço, o bufão de corte, num território governado por um senhor ou um rei. Aquela criatura ridícula, ou percebida como tal, na qual confluíam todas as nuances do...

ler mais
Ala’a, ala
Ala’a, ala

In italiano ala è l’arto che ci manca per poter volare. Gli animali della classe degli uccelli ce l’hanno, ma non tutti conservano la capacità di usarla profittevolmente. In Brasile, un pomeriggio di brezza atlantica ho incontrato Ala’a. O Alita Linda, invenzione per...

ler mais
“Não volte de língua vazia”
“Não volte de língua vazia”

Depois do desembarque, já no posto de controle dos passaportes e de obtenção dos vistos era como se o ouvido dele tivesse voltado a infância, espaço no tempo sem interferências. Quase todo o mundo estava se expressando, se comunicando, falando, discursando no idioma...

ler mais

Oi

Eu sou Manu

Uma poliglota africana. Nada de pretensão, vou explicar. Como a maioria das pessoas africanas poliglotas, em algum momento me se apresentou a escolha: « Manu, é se tornar poliglota ou se tornar poliglota. » Adivinhem minha escolha… 

Com a minha equipe criamos ManusKritur.com, vitrine de conteúdos e matérias em idiomas (e, muitas vezes sobre idiomas). ManusKritur.com é a materialização digital de algumas possibilidades que temos de criar, pensar, brincar, transformar, difundir, descobrir ideias, palavras, conceitos, textos, discursos graças a idiomas. 

Design by Teddy Tchogninou